<$BlogRSDUrl$>

Monday, November 17, 2003

Lev Vygotsky (1896-1934) - Foi no dia 11 de Outubro de 2003 que este meu novo amigo me foi apresentado . Envolto numa capa azul com uma etiqueta que dizia "Psicologia da Aprendizagem" ele ali estava. É estranho que até hoje não o tivesse conhecido, apesar de ter frequentado uma cadeira de Psicologia Educacional numa licenciatura em Matemática duma Fac. de Ciências da Universidade de Coimbra . É tambem estranho que um tratado de Psicologia Educacional com 600 páginas que recentemente adquiri, escrito por dois Psicólogos, Norman A. Sprinthall e Richard C. Sprinthall, nunca se refiram a este meu novo amigo. Mas o que não deixa de ser curioso é o facto de este meu novo amigo, um teórico marxista da Psicologia da Aprendizagem, me ter sido apresentado numa Universidade Católica .
Ao primeiro contacto vimos logo que tínhamos algo em comum . Eu iria continuar as suas investigações na área da Psicologia da Aprendizagem, não nas suas relações com as teorias sociais marxistas, mas nas suas relações com as teorias sociais dos Portugueses, muito próprias, muito específicas . São estas minhas investigações que me hão-de levar finalmente à grande tese da Psicologia "Porque é que a minha filha não sabe cantar!".
É aqui neste espaço que irão ser publicadas todas as grandes conclusões desta grande investigação Psicológica.

(Para referências Bibliográficas escrever, BIGODESTSK, Blog, 17-11-2003)

Sunday, November 16, 2003

[ Mon Nov 17, 12:34:30 AM | Miguel Simoes | edit ]
Lev Vygotsky (1896-1934) - Foi no dia 11 de Outubro de 2003 que este meu novo amigo me foi apresentado . Envolto numa capa azul com uma etiqueta que dizia "Psicologia da Aprendizagem" ele ali estava. É estranho que até hoje não o tivesse conhecido, apesar de ter frequentado uma cadeira de Psicologia Educacional numa licenciatura em Matemática duma Fac. de Ciências da Universidade de Coimbra . É tambem estranho que um tratado de Psicologia Educacional com 600 páginas que recentemente adquiri, escrito por dois Psicólogos, Norman A. Sprinthall e Richard C. Sprinthall, nunca se refiram a este meu novo amigo. Mas o que não deixa de ser curioso é o facto de este meu novo amigo, um teórico marxista da Psicologia da Aprendizagem, me ter sido apresentado numa Universidade Católica .
Ao primeiro contacto vimos logo que tínhamos algo em comum . Eu iria continuar as suas investigações na área da Psicologia da Aprendizagem, não nas suas relações com as teorias sociais marxistas, mas nas suas relações com as teorias sociais dos Portugueses, muito próprias, muito específicas . São estas minhas investigações que me hão-de levar finalmente à grande tese da Psicologia "Porque é que a minha filha não sabe cantar!".
É aqui neste espaço que irão ser publicadas todas as grandes conclusões desta grande investigação Psicológica.

(Para referências Bibliográficas escrever, BIGODESTSK, Blog, 17-11-2003)

This page is powered by Blogger. Isn't yours?